Perguntas que todo pai deve fazer aos filhos | FindMyKids Blog
Fechar
Dicas parentais

Perguntas que todo pai deve fazer aos filhos

1
tw vk fb copy
1
fb vk tw
Link copiado

A comunicação sincera é a base de qualquer relacionamento saudável – reflita nisso por um momento. É comum acharmos que iremos conhecendo automaticamente os nossos filhos conforme eles crescem. Sem dúvida, o pai e a mãe de uma criança sempre terão um vínculo profundo com ela, mas isto não quer dizer que não seja importante fortalecer o relacionamento através das perguntas certas. As perguntas feitas aos filhos precisam ser abertas, dando aos pais um jeito eficaz de os entender melhor.

Conteúdos:

Os benefícios de fazer as perguntas certas aos seus filhos

Quando você faz perguntas abertas a seus filhos, você abre novos canais de compreensão entre você e eles. Com a melhor compreensão, o desenvolvimento da criança melhora, o relacionamento se torna mais robusto e maiores expressões de carinho acontecem, tanto da parte dos pais quanto dos filhos. Ao fortalecer os laços com a criança, você oferece o apoio que garante uma série de benefícios para o desenvolvimento dela.

Conversar frequentemente com os seus filhos traz uma série de benefícios para as crianças, entre os quais:

  • estabelece hábitos de conexão familiar;
  • reduz a pressão acadêmica;
  • melhora o vocabulário emocional delas;
  • permite identificar pensamentos interiores e visões externas;
  • encoraja pensamentos complexos e criativos;
  • ajuda a percepção de independência em relação a colegas;
  • fortifica a ética, os valores morais, a responsabilidade;
  • promove a resolução antecipada de situações e tipos de pensamento negativos.

Perguntas essenciais que todo pai deve fazer a seus filhos

Cada família deveria fazer perguntas todo dia com base nos cinco conceitos que vamos discutir. Com o esclarecimento e dicas que você encontrar aqui, será possível desenvolver uma comunicação aberta e transparente.

Pelo quê você é mais grato hoje?

A gratidão reveste a mente de uma bolha protetora que faz com que qualquer aspecto de negatividade fique menos significante. Ensine os seus filhos como exprimir sua gratidão a fim de aumentar a alegria e claridade mental geral deles. Isso melhora a capacidade da criança de lidar com os seus relacionamentos e compreendê-los melhor. É impossível aproveitar a vida plenamente sem perceber como é importante dar valor às coisas. Mesmo crianças de pré-escola podem aprender a mostrar a sua gratidão, então comece cedo.

O que você perguntou hoje?

Em vez de soterrar a criança com perguntas sobre o que ela aprendeu e receber uma resposta parecida com a que uma parede de granito lhe daria, encoraje o seu filho a pensar sobre as dúvidas e questões que ele teve durante o dia. Com esta pergunta, você faz lembrar que a busca pelo conhecimento sempre começa com perguntas, e que toda a informação está só à espera de ser descoberta.

O que você fez para si mesmo hoje?

A felicidade começa no interior. É importante encorajar as crianças a se lembrar de que elas vêm em primeiro lugar – mas sem deixar de valorizar a humildade. Até que a criança tenha descoberto a si mesma através das coisas que decide fazer por conta própria, qualquer orientação é infrutífera. Atos simples de autogratificação, unidos à uma orientação sólida da parte da família, ajudam enormemente a estabelecer um bom caráter na criança.

O que o tocou mais hoje?

Talvez essa não seja a melhor pergunta para crianças pré-escolares, mas é uma pergunta que se torna mais útil com a idade. A vida não é um mar de rosas: nem todo dia será feliz. É por isso que não se deve perguntar à criança qual foi a melhor coisa do dia ou o que a deixou mais contente – se ela estiver passando por um mau bocado, é difícil ter de pensar em coisas assim. Em vez disso, vá a fundo e encoraje uma reflexão emocional mais ampla perguntando o que mais tocou a criança no dia.

Perguntas para fazer aos seus filhos sobre escola e aprendizado

É importante guardar perguntas sobre escola e aprendizado para quando o seu filho tiver um pouco de tempo para separar do ciclo de educação. Siga estas dicas: escolha o momento certo e lembre-se de que você quer que a criança seja sincera, e não simplesmente fale algo para agradá-lo. Mantenha a mente aberta e não seja crítico. Um pouco de humor também não faz mal – o humor abre as portas da franqueza e da claridade.

Do que você mais gostou na escola hoje?

Para ter uma visão clara de como a criança percebe a vida na escola, nada melhor do que perguntar sobre a sua matéria ou aula favorita, ou até mesmo sobre algum episódio engraçado na sala de aula. Cada dia faz parte de uma jornada de aprendizado e o foco nem sempre fica nos livros. Acompanhe o desenvolvimento dos interesses pessoais da criança na educação, mas não direcione as escolhas dela.

Qual foi a coisa mais útil que você aprendeu ultimamente?

A aplicação prática é o trampolim que consolida a informação e a transforma em conhecimento. Perguntar ao seu filho sobre a coisa mais útil que ele aprendeu é um outro jeito formidável de ter uma noção do caminho que ele está seguindo. Isso pode revelar mais sobre a orientação dele e sobre seus pontos fortes do que qualquer boletim ou avaliação escolar padrão.

Houve alguma coisa que você teria ensinado na aula hoje?

Os professores não têm todas as respostas. O currículo é uma linha que orienta o pensamento do grupo – mas não o interesse individual. Com muita frequência, pode acontecer de a criança saber mais sobre algum assunto, ou querer saber mais. São essas as áreas que você precisa alimentar. Mas também tome cuidado para não sufocar a chama do interesse.

Desenvolvimento social e perguntas sobre relacionamentos

As perguntas sociais devem começar quando a criança ainda é nova – as crianças formam relacionamentos desde quando são bem pequenas. Antes de questionar, ou às vezes interrogar, um filho sobre uma pessoa ou grupo, pare e se pergunte: você está bravo? Qual o seu tom de voz? Qual a atmosfera do momento?

Talvez seja melhor esperar até que a nuvem tenha passado e você possa conversar com ele de forma amigável. Só assim você terá uma chance de descobrir algo sobre os sentimentos ou amigos dele.

Quem o fez rir hoje?

Rir é o melhor remédio, e esta frase é mais do que só um antigo ditado. Da perspectiva do pai, não se trata só do bom sentimento que um sorriso pode trazer ao filho, mas também da percepção extra que o contexto de uma piada pode lhe dar sobre a criança. Uma criança saudável sempre terá um estoque de momentos engraçados para contar, seja com amigos ou sozinha.

Por quem você mais sentiu hoje?

A compaixão mostra que a pessoa valoriza a si mesmo e, consequentemente, também dá valor a quem a rodeia. Graças ao hábito de pensar nos outros é que o seu filho se transformará em um ser humano compassivo e gentil. Isso é de importância fundamental: a empatia é essencial para encorajar uma interação física saudável e, assim, levar a uma vida mais rica e mais completa.

Qual professor estava mais motivado nas aulas de hoje?

Nem sempre o seu filho vai responder direito a estas perguntas, mas com elas você tem uma chance de ver melhor quais as características que a criança admira. O comportamento de um professor emocional, bravo ou entusiasta traz à tona aspectos da personalidade da criança que mostram com o que ela se identifica.

fmk_05_andr_1024_preview
Instale o app Find My Kids

Pare de perguntar coisas irritantes do tipo «Onde você está» e «Você está bem?»

snimok-yekrana-2017-11-07-v-19-53-51 snimok-yekrana-2017-11-07-v-19-54-01

Perguntas a fazer ao seu filho sobre saúde e bem-estar

Dá para descobrir muito mais sobre um familiar sabendo o que ele gosta de comer e como está se sentindo do que através de informações básicas sobre dieta e saúde. Se você sabe como a pessoa se sente com base no que ela andou comendo, é fácil de identificar problemas emocionais ou de saúde latentes.

Qual foi a comida mais interessante no almoço hoje?

ребята одноклассники

Ninguém se importa de responder a perguntas sobre comida. Quando você faz a criança começar a conversar sobre amigos e comida, você se coloca em uma situação confortável para conseguir entender as preferências da criança e qual o círculo de amigos dela. Às vezes, uma pequena coisa como trocar um item do lanche com alguma coisa que um amigo tinha e que ele queria é o que pode fazer toda a diferença para o dia, trazendo um pouco de diversão e novidade ao dia escolar.

Você se sentiu cansado ou com sono na escola?

Se o seu filho é saudável, ele deveria se sentir ativo e acordado o dia todo. É normal estar cansado depois do esforço de um dia duro mergulhado nos livros e talvez de uma aula de educação física, mas se o seu filho está pegando no sono em sua carteira ao meio-dia, talvez ele esteja precisando de uma dieta mais nutritiva ou de apoio emocional, caso esteja estressado. Ou então, é claro, ele pode simplesmente estar precisando dormir mais.

Há alguma atividade depois da escola na qual você está interessado?

As atividades extra-curriculares precisam ser encorajadas. Nem todas as crianças têm os mesmos interesses, de forma que, antes de colocar a criança numa atividade ou esporte qualquer, é importante prestar atenção e entender o quanto a personalidade dela se adequa à atividade em questão.

Em relação a esta pergunta, a criança não precisa responder com alguma atividade que acontece na própria escola – é importante que a criança tenha os próprios hobbies, passatempos e interesses de desenvolvimento pessoal de forma geral.

Perguntas em relação ao apoio e auxílio físico dos pais

Uma família carinhosa sempre está fazendo o máximo para apoiar as crianças, mas estas nem sempre nos contam tudo. Para um apoio eficaz, algumas perguntas básicas são necessárias.

Acabou alguma coisa de que você precisa?

Às vezes, os seus filhos estão com tanta coisa na cabeça que acabam se esquecendo de coisas básicas. E embora nem todo o mundo vá querer manter um inventário de itens necessários, é sempre uma boa ideia dar uma conferida geral nas coisas. Pergunte de vez em quando em relação a cadernos, canetas, marcadores ou qualquer outro material escolar que possa ser necessário.

Há alguma coisa que ajudaria a tornar a escola melhor ou mais fácil?

Reserve esta pergunta para quando a criança estiver dedicando a atenção a uma certa matéria ou área de estudo. A motivação gerada pelo seu entusiasmo em auxiliar o empenho de seu filho pode ser exatamente aquilo de que ele precisa para atingir o máximo de produtividade.

Qual foi o maior problema que você teve de superar?

Discutir problemas é algo que promove muito a união entre pais e filhos, mas só quando o problema é visto de forma objetiva. Quando a criança se acostuma a analisar a situação de um ponto de vista não-emocional, ela aprende resolução de problemas e adquire mais habilidades sociais.

Exemplos de perguntas ineficazes

A maioria das crianças se fecha a certos ângulos de abordagem. Se você faz parecer que tem alguma intenção oculta, ou se está abordando um tópico muito diretamente, pode ser difícil gerar uma reação sincera. O melhor é usar de perguntas gerais e ater-se a assuntos alegres e a um questionamento sincero, emocional.

O que você fez na escola hoje?

Compartilhar com o resto da família como foi o dia da criança é um passo vital no desenvolvimento do relacionamento. Contudo, começar perguntando o que a criança fez ou aprendeu na escola não é a melhor das ideias. Provavelmente é a última coisa sobre a qual a criança quer falar no final de um longo dia. Permita que o seu filho relaxe e mude de foco. A chance de ele querer conversar sobre a escola será muito maior mais tarde.

O que você aprendeu hoje?

Esse clichê principal não funciona com todo estudante. Uma criança muito estudiosa pode adorar falar sobre tudo o que descobriu em uma matéria favorita. Mas para a maioria das crianças, a pergunta é estressante e faz com que elas se fechem. O fato de ser uma pergunta muito ampla, combinada com a responsabilidade de responder certo, faz com que esta pergunta seja um erro.

O que você mudaria no dia de hoje?

A vida é agora. Não estimule uma atitude de arrependimento, de desculpas, de viver no passado. Se você quer discutir mudanças, melhor procurar visualizar em conjunto o dia de amanhã, mas sempre com uma visão de positividade, crescimento compartilhado e respeito pela natureza infinita da criatividade. Mudar é agora. O passado já se foi. Mantenha as suas conversas no presente.

Mantenha comunicação constante

Manter uma comunicação transparente com os seus filhos é essencial para estimular os vínculos entre vocês. Para mostrar aos seus filhos o quanto você os aprecia, considere sempre o ponto de vista deles ao lhes fazer perguntas. Desta forma você os coloca direto num trampolim para o sucesso pessoal.

Se você sabe de outras mães, pais, avós ou tias que estejam procurando estabelecer um vínculo com filhos, netos ou sobrinhos, recomendamos que compartilhe este artigo. Às vezes, uma simples frase ou palavra serve como uma revelação que gera mudanças e uma vida mais feliz para a criança.

brazilian banner fmk

email

Assine agora!

Enviamos artigos que auxiliam os pais.Só vantagens!
Leia mais

Faça o download gratuito para iOS e Android
iphone-X
Aplicativo móvel «Find My Kids»
Veja a movimentação do seu filho no mapa, ouça o que está acontecendo ao redor do telefone quando você não estiver por perto. Envie um sinal alto quando a criança não ouvir sua ligação.
Faça o download gratuito para iOS e Android
Baixar aplicativo
iphone-X
Assine o blog subscription