Disciplina positiva para um desenvolvimento com carinho e equilíbrio de seus filhos | FindMyKids Blog
Fechar
Dicas parentais

Tudo sobre a disciplina positiva

tw vk fb copy
fb vk tw
Link copiado

Em sua definição, a disciplina positiva é um método de criar os filhos que se baseia na premissa de que não há crianças ruins. O comportamento bom ou ruim existe independentemente da criança.

A palavra «disciplina» não deveria ter uma conotação negativa, mas a maioria de nós quando a ouve imediatamente pensa em castigo ao ouvir. Mas mudando essa visão para uma outra que foca em comunicação, encorajamento e resolução de problemas, você dá à criança a melhor chance de obter sucesso e viver uma vida plena de satisfação.

Conteúdos:

O que é a disciplina positiva?

A disciplina positiva é um sistema desenvolvido pela famosa psicóloga Dr. Jane Nelson que visa ajudar pais a criar seus filhos de forma construtiva. O programa se baseia nos estudos de Alfred Adler e Rudolf Dreikurs, apresentando uma metodologia e filosofia que encorajam o crescimento positivo com responsabilidade, respeito e o desenvolvimento das competências sociais essenciais para o progresso e sucesso na vida. Quando a criança é educada para ouvir e se comunicar efetivamente, um mundo de benefícios se abre para ela.

A base da disciplina positiva

Pode ser que a disciplina, para muitos, seja a parte mais detestada da educação dos filhos, mas uma boa fundação de disciplina positiva é essencial para manter bons laços entre pais e filhos.

Além disso, é um prazer criar os filhos desta forma, com transparência e comunicação aberta, facilitando objetivos mútuos e gerando um ambiente salutar na família. O desenvolvimento da personalidade de seus filhos ganha força, dando a eles a razão necessária para prosperar.

Como filosofia de como criar os filhos, a disciplina positiva se baseia nestes cinco princípios:

  1. Ser gentil e solidário, ao mesmo tempo firme.
  2. Ajudar a criança a se apreciar e valorizar, entendendo a própria significância.
  3. Buscar soluções efetivas para o longo prazo.
  4. Usar de técnicas que promovem o desenvolvimento de um bom caráter ao mesmo tempo em que ensinam competências sociais essenciais.
  5. Orientar a criança a fim de que esta possa descobrir o próprio potencial e o valor prático de usar seu poder pessoal.

Sem qualquer negatividade na cadeia de comunicação, não se gera uma desconexão entre pais e filhos. Note que a palavra disciplina vem direto do latim e tem em sua origem um significado muito mais abrangente que inclui autocontrole, determinação, treinamento, educação e conhecimento. Como você vê, trata-se de algo bem diferente da noção reducionista de «castigo» que atribuímos à palavra hoje em dia.

Explicação para o «mau comportamento»

A educação positiva usa medidas preventivas para impedir que surja o mal comportamento. As crianças que «se comportam mal» estão, na verdade, simplesmente mostrando que não sabem como se comportar, geralmente por não ter a capacidade de processar algo que estão sentindo. Casos típicos são onde a criança se sente inadequada ou desprezada, ou onde pensa que não está sendo aceitada. Quando esses sentimentos são resolvidos, a criança volta a ter comportamentos construtivos.

O único jeito de ensinar o comportamento certo é fortalecer o relacionamento em áreas onde a criança se sente confusa, de forma que ela aprenda a exprimir as emoções com as quais não sabe lidar. Quando um relacionamento robusto e positivo é estabelecido, a comunicação entre você e seu filho começa a acontecer sem intervenções.

Por que evitar a punição

Quando a criança percebe os pais como sendo emocionalmente responsivos e conscientes de suas necessidades, a probabilidade é muito maior de que ela não se envolva em comportamentos de alto risco. Com o apoio dos pais, a criança também tende a ter muito mais sucesso social e acadêmico.

Já a disciplina negativa não ajuda em nada. A criança não aprende nada benéfico aqui e acaba se focando na raiva ou aborrecimento dos pais, o que leva a uma dificuldade em lidar com as próprias emoções mais tarde na vida. Isso tudo pode gerar ansiedade, bem como uma agressividade irracional e depressão. O castigo põe foco no que não deve ser feito, em vez de oferecer uma solução mobilizadora ou ensinar uma lição e permitir que a criança aprenda e cresça. A única coisa a que o castigo leva é uma solução temporária, mas que traz oculta permanentes problemas sociais e de comportamento.

Exemplos de disciplina negativa a ser evitados

Os pais que empregam a disciplina positiva ficam livres do potencial fardo de culpa e raiva que os acompanham quando resmungam, gritam ou dão ordens o tempo todo. Aqui estão algumas das principais formas pelas quais os pais caem na armadilha das ações disciplinárias negativas:

  • Disciplinar quando estão bravos;
  • Gritar e insultar
  • Aplicar punições corporais
  • Fazer a criança se sentir culpada
  • Ter comportamento passivo-agressivo
  • Rebaixar ou ignorar a criança

Disciplina positiva para pais

blockquote

As técnicas da educação através de disciplina positiva são extremamente potentes. Elas dão a pais e filhos uma nova abordagem para a vida. Aprendemos juntos como controlar melhor nossas emoções e como o comportamento consequente melhora sem percebermos. Meus filhos se sentem menos ansiosos, são mais proativos. Eles têm uma conexão melhor com nós dois, pai e mãe, ao mesmo tempo em que finalmente vão aprendendo a articular até mesmo os sentimentos mais complexos. Não surgem mais conflitos graças à comunicação aberta e bem pensada,

– D. Valdez, participante de uma aula de disciplina positiva, Brooklyn, NY

Usando a disciplina positiva, é possível lidar com problemas de forma calma, amigável e respeitosa, dando o exemplo ideal de como se comporta um adulto equilibrado e aberto. Isso ajuda tanto os pais quanto seus filhos, fortalecendo o relacionamento de ambos os lados.

Como aplicar a disciplina positiva na prática

Há certos elementos fundamentais que transformam a disciplina positiva em uma segunda natureza. Comece analisando honestamente como você e sua família lidam com os sentimentos que surgem. Muitas emoções que se manifestam de forma descontrolada são causadas por um comportamento irritado ou rebaixante da parte dos pais. Mas como evitar ter esse tipo de comportamento?

Em primeiro lugar, procure sempre falar com calma e com conhecimento de causa. Com isso, você empresta significado a tudo que diz. Não trate seus filhos de forma superior ou condescendente.

Determine regras de comportamento

Estabeleça regras bem claras sobre o tipo de comportamento que é tolerado. Recompense os resultados positivos ao mesmo tempo em que desencoraja qualquer tipo de comportamento negativo de forma clara e transparente. A criança precisa entender por que aquilo que ela está fazendo é errado. Converse sobre os objetivos da família, faça planos. As aspirações de todos são importantes; também é importante dar possibilidade de escolha para cada um. Planejando em família, você fortalece a capacidade de comunicação positiva das crianças ao mesmo tempo em que as ajuda a ganhar mais autoconfiança.

Disciplina positiva de acordo com a idade

Embora isso também se aplique a crianças mais velhas, com as mais novas ajuda muito se você criar um ambiente seguro que o ajuda a não ter de dizer «Não». Isso porque cada vez que você nega algo à criança, é necessário dar uma explicação, de forma que para alguns aspectos corriqueiros da vida (como por exemplo áreas perigosas da casa) o melhor é evitar as situações onde uma negativa seria necessária até que a criança esteja mais crescida.

Inteligência emocional e expressão de acordo com idade

Procure começar a ensinar as emoções o mais cedo possível, fazendo uso de técnicas criativas para ajudar seus filhos. Comece quando a criança ainda está aprendendo a andar. Um bom recurso são as tabelas de emoções, que você pode deixar ainda mais interessantes se usar fotos do seu rosto ou do da criança.

Já com crianças mais velhas, o importante é dedicar muita atenção, ensinando o vocabulário correto com o qual elas conseguirão compreender e se exprimir bem. É essencial ensinar e encorajar a criança a comunicar as suas emoções conforme a criança vai crescendo; assim, ela nunca precisará recorrer a ansiedade, depressão, raiva ou egoísmo em geral.

Use um mediador com frequência

Para o pai que usa a disciplina positiva, o melhor amigo é o mediador. Use um personagem fictício, uma boneca ou bichinho de pelúcia como mediador quando estiver lidando com uma criancinha pequena. Já para crianças mais velhas, bons mediadores podem ser eventos ou notícias proeminentes que servem para iniciar uma discussão mais difícil. Usando uma variedade de situações e perspectivas diferentes, você cria contexto e ajuda a criança a compreender o raciocínio no qual se baseiam as escolhas da família.

Técnicas e exemplos de disciplina positiva

A coisa mais importante a notar sobre a disciplina positiva é que ela requer uma boa comunicação. Você precisa explicar tudo para os seus filhos, oferecendo vários contextos e permitindo que eles participem de boa vontade. Ao estimular um ambiente de autodescobrimento e aprendizado, você gera motivação para as crianças ao mesmo tempo em que fortalece suas competências sociais e sua capacidade de resolução de problemas e de autoexpressão. Ouça e se comunique.

Com isso dito, vamos dar uma olhada mais de perto em algumas técnicas práticas de disciplina positiva.

Estabeleça um relacionamento com base no respeito mútuo antes de se concentrar em qualquer outra coisa. Ao encorajar o respeito mútuo, você ensina aos seus filhos tanto a gentileza quanto um respeito inato em qualquer situação. Dessa forma, as crianças podem se tornar adultos que se respeitam e têm uma percepção muito mais clara das situações que ocorrem e de suas próprias necessidades.

fmk_05_andr_1024_preview Instale o app Find My Kids agora mesmo!
Comece a respeitar a liberdade e os limites pessoais de seu filho.
snimok-yekrana-2017-11-07-v-19-53-51 snimok-yekrana-2017-11-07-v-19-54-01

Procure o motivo sobre o qual se baseia o comportamento da criança para que você possa educá-la. As crianças nunca agem do nada. Quando você compreende o que levou a uma determinada ação, você pode corrigi-la do jeito certo, abordando não só o comportamento momentâneo, mas também a causa dele.

Ensine diferentes competências de resolução de problemas, encorajando a criança a pensar e agir por conta própria. Quando a criança pega gosto por agir de forma prática e sente a satisfação de gerar soluções para problemas, ela começa a virar um adulto proativo. É muito menos provável que um comportamento negativo surja quando a criança tem a mente cheia de potencial, em vez de medo.

Contemple medidas disciplinares que ensinam a criança de antemão. É importante que as suas soluções nem sejam permissivas demais, nem envolvam punições.

Ofereça orientação com o foco em soluções, desviando a criança de punições e sentimentos de culpa. Quando você põe o foco em negatividade, arrependimento e remorso, a criança desenvolve uma predisposição a pôr a culpa em outros e se sentir culpada ela mesma. Para abordar qualquer aspecto da vida, o ideal é dar conselhos que visam ação e buscam soluções concretas.

Ofereça encorajamento ativo e reconheça o esforço e as melhoras que a criança faz. Evite elogiar as crianças demais, já que isso leva ao mau hábito de sempre se comparar e contrastar com outros, mas procure sempre encorajar. Para um crescimento equilibrado tanto na esfera intelectual quanto social, é importante criar auto-estima e auto-reconhecimento no longo prazo. Para isso, ações e palavras de encorajamento e estímulo são essenciais.

Pratique a diversão de fazer. O aprendizado experiencial é benéfico tanto para adultos quanto para seus filhos, ensinando ao mesmo tempo em que fortalece o relacionamento. Crie oportunidades para novas experiências, praticando diferentes habilidades, descobrindo novos hobbies e através de atos de expressão artística.

Ofereça escolhas aos seus filhos. Oferecer escolhas não equivale a largar as rédeas. Melhor: ofereça à criança duas escolhas que levam à mesma conclusão final. Por exemplo, em vez de brigar com seu filho para ele calçar as botas, ofereça a ele uma escolha entre dois tipos de meias e pergunte se prefere colocar a jaqueta antes ou depois dos sapatos.

Uma pequena escolha representa uma independência enorme e ajuda muito a realizar tarefas básicas sem conflito.

Redirecione comportamentos negativos em vez de recusar tudo. Uma vez mais, é importante notar que se você fala «não» o tempo todo, a única coisa que a criança desenvolve é a habilidade de ignorar as suas recusas. Se a criança se comportar mal, atraia a atenção dela para algo positivo. Por exemplo, quando você está frustrado com um chilique da criança na loja («quero essa bala»), procure incluí-la no processo de compras, pedindo que o ajude a selecionar algum item.

Não procure lutar cada batalha. Não estamos sugerindo que você simplesmente ignore seu filho, mas alguns estouros de negatividade simplesmente não merecem atenção. Não alimente os problemas que surgem por criancices. As crianças aprendem a gostar de atenção negativa.

Disciplina positiva na sala de aula

Educada através de uma filosofia de disciplina positiva, a criança costuma ter sucesso na sala de aula. Desde que ela tenha um relacionamento positivo com seu educador, será fácil para ela assimilar lições e novas habilidades. Isto se dá principalmente pelo fato de que a criança já possui uma estrutura de autoexpressão, o que lhe permite compreender melhor as lições sendo ensinadas, sem sofrer de bloqueios emocionais.

Assim, a escola fica para lições acadêmicas, enquanto que questões do coração são resolvidas em casa. Quando você cria seu filho através da positividade, ele cresce sentindo um auto-respeito salutar. E, por estar acostumado a receber atenção quando fala, ele também sabe dar a atenção e respeito necessários a colegas e professores.

Mantenha-se positivo, mantenha a disciplina

A disciplina positiva exige estar sempre escutando e explicando, mas o crescimento feliz de uma criança que se valoriza e valoriza a própria família mais do que compensa o esforço investido. Mais tarde na vida, a criança se desabrochará em uma estrela de positividade, sem sofrer de estresses agudos, de raiva ou ansiedade. Tendo uma percepção clara do presente, seu filho estará preparado para o melhor futuro possível.

brazilian banner fmk

email

Assine agora!

Enviamos artigos que auxiliam os pais.Só vantagens!
Комментарии для сайта Cackle
Leia mais

Faça o download gratuito para iOS e Android
iphone-X
Aplicativo móvel «Find My Kids»
Veja a movimentação do seu filho no mapa, ouça o que está acontecendo ao redor do telefone quando você não estiver por perto. Envie um sinal alto quando a criança não ouvir sua ligação.
Faça o download gratuito para iOS e Android
Baixar aplicativo
iphone-X
Assine o blog subscription